Nem tão colorido assim

Você é daquelas que se dizem apaixonada pelas cores, nos seus mais variados tons. Aprecia um dia ensolarado, tem toques coloridos na decoração da sua casa, usa cores quentes nas unhas e nos lábios, adora uma pista de dança com muitas luzes, fica encantada com os quadros do Miró e do Kandinsky mas, na hora de se vestir, privilegia sempre as cores neutras. Chega o verão – ou aquele dia que você quer sair da rotina – e até arrisca, sem sucesso, usar aquele vestido pink que está encostado no seu armário faz tempo. A alternativa é óbvia mas às vezes a gente não se dá conta, então, segue a dica: mesclar o colorido com o neutro! Não é tão chamativo como coordenar várias cores quentes em um mesmo look e nem tão sóbrio como um look só de cores neutras. Fica alegre na medida! (Leia mais aqui). Ah, se a peça que acompanhará a neutra for com estampa de flores, ainda deixará seu look mais atual.

Veja só como o casaco bege “quebra” um pouco o colorido do vestido, nesse look da Juliana Jabour:

Foto do desfile da Juliana Jabour, verão 2011. (FFW.com.br)

A combinação de cores laranja e marrom vem forte no próximo verão, e nem precisa ser um laranja tão vibrante para ficar legal.

Foto do desfile da Andrea Marques, verão 2011. (FFW.com.br)

A ideia é a mesma mas muda um pouco

Saia de cintura alta te valoriza e é sua marca registrada. Você começou usando-a com camisetas “podrinhas” de cores lisas e hoje em dia, para dar um up nas suas produções, elege as camisetas/blusas mais incrementadas como combinação perfeita. Em dias frios, acrescenta a jaqueta de jeans ou de couro, nos modelos que pedem a estação. Para variar, opta por usá-la com uma regata e joga, despretensiosamente, uma camisa social xadrez aberta por cima. Se identificou? Se sim, que tal às vezes alternar o uso da saia pelo short (veja os das fotos abaixo)? A proposta se mantém, ou seja, pernas de fora e cintura alta! Ok, sejamos sinceros, não é nenhuma mudança radical porém, como bem diz o título desse post: a ideia é a mesma mas já muda um pouco (mesmo não sendo algo propriamente novo), certo? Ah, seja com saia ou short, nos dias frios (ou até mesmo apenas para deixar o look mais elaborado), recorra sem medo ao uso da meia calça. Fica um charme!

Fotos do desfile da Britsh Colony, verão 2011. (FFW.com.br)

Dica rápida: etiqueta da sola do sapato

Imagine a cena: alguma pessoa, vindo de longe, te chama atenção e sua primeira reação é pensar “uau, como ela está incrível!” mas, no que ela vem se aproximando (ou quando vira de costas), seus olhos são automaticamente direcionados para um ou outro desajuste que deixa essa impressão para trás. O mesmo pode estar acontecendo com você sem que perceba. Fim do mundo? Que nada! Basta um pouco de atenção. As meninas da Oficina de Estilo já dedicaram alguns posts sobre os “sabotadores de aparência” (é assim que é chamado por elas esses descuidos que podem derrubar o visual). Vale a leitura aqui e aqui. Ok, mas o que esse post tem então de novo? É que recentemente lembrei de mais uma situação que poderia ser acrescentada na lista delas. Acho muito deselegante quando não tiram a etiqueta que, eventualmente, vem colada na sola do sapato quando compramos. Ainda que quem usa não veja, quem está andando atrás vê com muita clareza! De duas umas: ou a pessoa é desatenta ou tem a intenção de trocar o sapato já usado. Feio, não? Para quem também acha, segue uma dica. Recentemente comprei uma sandália que vinha uma etiqueta enorme em cada sola. Retirei e, quando calcei para usa-los, quase não saia do lugar de tão poderosa que era a cola. Tentei passar um pano com água (fria e quente) e nada. Acabei nem usando nesse dia porque já imaginei a quantidade de sujeira que ficaria ali. Pesquisa rápida no google e encontrei uma dica que funcionou na hora: um pouco de acetona! Se alguém for experimentar também, lembre-se que pode tirar um pouco da cor (embora não tenha acontecido no meu caso, ufa!).

Imagem  do site Net-a-porter.com

Tudo são flores

Ainda que ninguém (ou quase ninguém) sairá de casa exatamente com os looks dessas fotos, uma coisa é certa: as flores, que já é febre na primavera do hemisfério norte, virão com tudo! Digamos assim, dos pés as cabeça! Ou seja, opções de artigos com estampas floridas não vão faltar. Ótimo para alegrar o armário e dar um toque romântico nas produções. Aposte.

Fotos do desfile do Walério Araujo, verão 2011. (FFW.com.br)

Renovando o vestido

Vamos supor que você foi convidada para uma festa e está naquele dilema: não quer usar novamente aquele vestido lindo do seu armário que já marcou presença em vários eventos e também não quer se despender de alguns (muitos) reais para estrear um novo modelito. Aliado a isso, busca uma idéia criativa. O que fazer? Nem tanto ao céu, nem tanto à terra. Que tal repaginar o seu vestido com uma sobreposição (como se fosse uma anágua só que para vestir, ao invés de por baixo, por cima) feita de um tecido transparente (tule ou organza, por exemplo)? Como a idéia é que apenas siga os contornos do seu vestido (veja foto abaixo), não tem muito mistério. Ou seja, sua costureira tirará de letra e o custo será bem menos elevado que comprar ou mandar fazer um novo. O efeito final? Um novo look, com mais movimento e uma nova cor. Para finalizar: incremente com um cinto ou faixa para dar forma. Boa festa!

Foto do desfile da Paul Smith Women, inverno 2010. (Style.com)

Dica rápida: alfinetes com pingentes

Que tal, para variar um pouquinho, ao invés de usar os seus pingentes no colar ou na pulseira, juntá-los (ou usar apenas um mesmo) em um alfinete para enfeitar o seu look? No último desfile da Dolce & Gabbana esses alfinetes decorados foram usados aos montes nos dois lados da abertura do casaco (veja na foto) incrementando o visual com criatividade. E sabe o que é melhor? Não é preciso de excesso para se obter um resultado legal. Um (ou poucos) usado ali, por exemplo, na altura do coração, também ficaria muito charmoso. Experimente com a quantidade e no local que preferir!

UP DATE: Depois que já tinha postado, continuei vendo as fotos do desfiles e encontrei mais sugestões de onde usar! Nas fotos abaixo ele prende o casaco com a função de acinturar enfeitando (mesma função do uso do broche sugerido pelo blog Oficina de Estilo, clica aqui!).

Nas próximas fotos, ele é usado para dar uma nova forma a saia.

Fotos do desfile da Dolce & Gabbana, inverno 2010. (Style.com)

Para toda hora

O vestido preto básico é um item indispensável no guarda-roupa de muitas mulheres. Associado a elegância, ele funciona super bem em várias ocasiões. Por isso mesmo não é difícil que ele seja a salvação em momentos de crise “com que roupa eu vou?” ou em situações de “emergência” (leia-se: quando somos surpreendidas com um convite especial e precisamos estar belas em poucos minutos). Opa, mas ele por si só não é garantia de estar bem vestida em qualquer hora e qualquer lugar. É preciso dar atenção especial as escolhas dos outros itens que comporão o look, assim de fato ele será versátil e poderá ir tanto ao cinema (usando-o com sapatilhas + jaqueta jeans + bolsa média, por exemplo) como a uma festa sofisticada (usando-o com jóias + salto alto + bolsa carteira + cinto fino, por exemplo). Outros detalhes também fazem diferença: o tecido (que não deve ser tão simples nem tão nobre para que possa adequar as diferentes situações) e ter alguma bossa (para que permaneça básico mas com alguma personalidade, como as mangas desse vestido da foto). É bem provável que você já tenha o seu vestido-coringa-preto-perfeito-para-toda-hora, se não, não perca mais tempo e encontre um para chamar de seu! Faça bom proveito.

Foto do desfile da Moschino, inverno 2010. (Style.com)


E-mail

paraverasmeninas@gmail.com

Junte-se a 32 outros seguidores

Arquivos


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 32 outros seguidores